Início deste sítioarquivo de angraregulamentoHoráriosHistóriaContatos



Acervo Bibliográfico
Legislação
Empréstimo Domiciliário
ACERVO BIBLIOGRÁFICO: CATÁLOGOS

A Biblioteca de Angra do Heroísmo é uma biblioteca de depósito legal nacional, desde 1979. Assim, ela desempenha para a Região Autónoma dos Açores um papel semelhante ao da Biblioteca Nacional, da qual recebe um exemplar de cada título publicado em Portugal.

Estas espécies vêm juntar-se às do Fundo da Biblioteca Municipal de Angra, em depósito, às aquisições correntes da biblioteca e a importantes coleções de espécies bibliográficas adquiridas por compra ou oferta, como sejam, as bibliotecas de Francisco Jerónimo da Silva, Mendo Bem, Gen. Rodrigues da Costa, Luís da Silva Ribeiro, Vitorino Nemésio, José Agostinho ou Tomás Borba, entre outros, enriquecendo sobremaneira o espólio da Região.

Desde 1991, os novos títulos são integrados numa base de dados (BibliOpac), num total que ultrapassa os 113 mil registos.

LEGISLAÇÃO

A Biblioteca dispõe de um vasto acervo de legislação nacional e regional: Diário do Governo (para a legislação anterior ao atual regime democrático instaurado no pós 25 de Abril de 1974), Diário da República, Jornal Oficial da Região Autónoma dos Açores e Jornal Oficial da União Europeia. Existem ainda outras coleções de legislação mais antiga.

Este acervo é de grande importância e muito útil tanto para investigadores como para os cidadãos em geral e é objeto de uma grande procura por numerosos utilizadores que, por qualquer razão, necessitam de ter acesso a textos legais, que a biblioteca disponibiliza para consulta ou para fotocópia.

Para consultar o Diário da República online (gratuito), visite o sítio próprio, onde pode descarregar diplomas da República e da Região Autónoma dos Açores.
EMPRÉSTIMO DOMICILIÁRIO

Desde 1985, a Biblioteca disponibiliza um serviço de empréstimo para leitura no domicílio. O utilizador deverá obter o cartão de leitor, bastando apresentar o seu B.I., cartão do cidadão ou passaporte e assinar um termo de responsabilidade. O 1º cartão e o empréstimo de livros são gratuitos.

Este serviço é de acesso livre; assim, os leitores acedem às estantes e podem fazer a sua escolha livremente, sem obrigação de consultar o catálogo. Este serviço funciona todo o ano, segundo os Horários de verão ou de inverno da Biblioteca.

Pode procurar no Catálogo do Empréstimo Domiciliário o livro que pretende. Aí tem à sua disposição mais de 15 500 títulos.

Se procurou e não encontrou o título que lhe interessa, sugira a sua aquisição aqui.

Pode também fazer uma reserva.



Serviço de Referência
Jornais 6 Magazines
Sala de Leitura
SERVIÇO DE REFERÊNCIA

Através do Serviço de Referência a BPARAH acolhe os utilizadores; presta informações acerca dos serviços que disponibiliza; divulga informação (sala de catálogos e de computadores); apoia na consulta dos catálogos e bases de dados bibliográficas; orienta na definição de estratégias de pesquisa com vista à satisfação das necessidades de informação dos seus clientes; emite os cartões de leitor (serviços de empréstimo domiciliário infanto-juvenil e de adultos); e fornece documentação através de técnicos devidamente habilitados.

O utilizador pode pedir fotocópias de documentos, salvaguardados os direitos de autor.
SALA DE JORNAIS E REVISTAS

A sala de hemeroteca (vulgo de jornais e magazines) disponibiliza ao público um variado número de títulos de jornais e de revistas de circulação nacional, assim como os principais títulos de periódicos de todas as ilhas dos Açores.

Os títulos nacionais mais procurados são disponibilizados ao público, tanto quanto o permitem os transportes aéreos, no próprio dia da edição.

Esta sala está equipada com mobiliário moderno e confortável, proporcionando ao público uma área tranquila, para uma leitura repousada e agradável.

Este serviço funciona todo o ano, de acordo com os Horários  de verão e de inverno.
SALA GARRETT

Fica contígua à Sala de Catálogos e de  Computadores e destina-se à leitura ou consulta das monografias e das revistas especializadas requisitadas.

Está equipada com mobiliário recente e confortável; nesta sala é disponibilizada, em acesso livre, uma grande quantidade de obras de referência (dicionários e enciclopédias variadas), assim como uma variedade de outras obras informativas, sobre diferentes temas, selecionadas de entre as mais procuradas pelo público.

Esta sala dispõe de Wi-Fi, mas em caso de falha,  é possível o acesso cabeado à Net, bastando pedir um cabo ao funcionário de serviço.

Funciona todo o ano, de acordo com os Horários de verão e de inverno.



Secção Infantojuvenil
Computadores: Internet & Mail
Reprografia
SECÇÃO INFANTO-JUVENIL

A Sala Infantojuvenil, inaugurada em 13 de janeiro de 1984, depressa se tornou num dos mais importantes serviços da Biblioteca Pública de Angra; desde 2005, possui também um espaço-bebé.

O seu crescimento levou a que, por falta de espaço nas atuais instalações, fosse instalada, em 1-6-2003, no Centro Cultural e de Congressos de Angra do Heroísmo, por convénio entre a Direção Regional da Cultura e a Câmara Municipal de Angra do Heroísmo.

A Secção Infantojuvenil tem a delicada e fundamental missão de incutir nas crianças hábitos de leitura e de convívio com o livro, desde a mais tenra idade. Funciona todo o ano, de acordo com os Horários de verão e de inverno.

O Catálogo de empréstimo domiciliário da infantojuvenil ultrapassa os 12 mil títulos.


SALA DE CATÁLOGOS E COMPUTADORES

Aqui estão reunidos os catálogos manuais da Biblioteca e os meios de consulta do catálogo informatizado (base de dados); após consulta dos catálogos e preenchimento da requisição, aqui os utilizadores fazem o pedido dos livros e das revistas especializadas que desejam consultar; aqui existem também computadores para trabalho, navegação na Internet e correio eletrónico, assim como para uso multimédia.

O uso dos computadores está sujeito a regras específicas. Por razões de segurança, não é autorizado o uso do MSN Messenger. Esta sala funciona todo o ano, segundo os Horários de verão ou de inverno.

Desde finais de 2009, cinquenta por cento dos computadores estão equipados com sistema de código livre, estando atualmente em uso o Linux Mint 12.
REPROGRAFIA

A Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Angra o Heroísmo disponibiliza um serviço de reprografia (fotocópia), destinado a servir os utilizadores.

Igualmente disponibiliza o serviço de digitalização de documentos, desde 2006, que veio substituir o serviço de microfilmagem, criado em 1993.

O serviço de reprografia aplica-se somente a documentos do acervo da instituição; pode haver restrições relacionadas com estado de conservação dos documentos.


Note-se que só poderão ser reproduzidas aquelas obras que não estiverem protegidas por direitos de autor.

Acerca desta matéria, consulte a legislação disponibilizada online pela Sociedade Portuguesa de Autores (SPA).



Incunábulos
Livro Antigo
Instalações
INCUNÁBULOS

Chama-se incunábulo a uma obra impressa, contemporânea da invenção da imprensa e o termo é em geral usado para referir as obras impressas entre 1455 (data aproximada da publicação da Bíblia de Gutenberg) e 1500.

Assim sendo, os incunábulos constituem valiosas raridades bibliográficas.

A Biblioteca Pública de Angra do Heroísmo possui vários incunábulos (geografia, tratados sobre leis e cânones, história e aritmética, e geometria, etc.), todos impressos em latim, obras de grande primor técnico e artístico.

Veja mais aqui.
OUTRAS RARIDADES

O acervo de livro antigo da Biblioteca de Angra do Heroísmo conta com cerca de noventa espécies datadas do século XVI e com algumas outras mais tardias, impressas no século XVII.

Além destes, possui também um importante conjunto de exemplares de obras, de entre as primeiras impressas nos Açores.
INSTALAÇÕES

A Biblioteca  encontra-se instalada, desde a sua criação em 1956, no Palácio Bettencourt, situado na rua da Rosa, 49, atrás da Sé Catedral de Angra. Veja História.

Desde há muito que as instalações se tornaram exíguas e, apesar de a biblioteca  ocupar também os edifícios contíguos, o espaço é insuficiente e cada vez mais inadequado e exíguo.

Em Fevereiro de 2007 foi apresentado ao público o projeto para o novo edifício, da autoria da Arquiteta Inês Lobo.

O novo edifício encontra-se em construção.






setaverde