HOMEvazioOPBbenediretores




A Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Angra do Heroísmo, é uma das três bibliotecas públicas e arquivos regionais da Região Autónoma dos Açores.

Sedeada em Angra do Heroísmo, a sua jurisdição estendeu-se pelas três ilhas do grupo central, Graciosa, Terceira e São Jorge, as quais, até ao advento do atual regime autonómico, constituiram o Distrito Autónomo de Angra do Heroísmo.

A Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Angra do Heroísmo - que compreende uma biblioteca pública, com uma importante secção infantil e juvenil, uma biblioteca documental e um arquivo de dimensão e importância consideráveis - constitui um «serviço periférico» da Direção Regional da Cultura, nos termos do decreto legislativo regional n.º 3/2006/A, de 10 de janeiro, tutelada pelo Secretário Regional da Educação, Ciência e Cultura; as suas atribuições são-lhe conferidas pelo decreto legislativo regional n.º 13/2001/A, de 7 de novembro.

Como biblioteca documental - patrimonial, porquanto o seu acervo constitui um património da memória coletiva - a biblioteca incorpora uma variedade de fundos: o Fundo Municipal, as bibliotecas pessoais de Francisco Jerónimo da Silva, Mendo Bem, Luís da Silva Ribeiro, Tenente-Coronel José Agostinho, Vitorino Nemésio, Pedro da Silveira, para citar apenas alguns nomes.

O Fundo Municipal provém da antiga Biblioteca Municipal de Angra do Heroísmo, o qual foi incorporado em 1956, por decisão dos edis de então, quando foi criada a nova Biblioteca Pública, atualmente designada Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Angra do Heroísmo.
Possui vários incunábulos e várias dezenas de valiosos livros antigos e obras raras, entre estas das primeiras publicadas nos Açores. Além disso, a Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Angra do Heroísmo beneficia do depósito legal, recebendo, por isso, um exemplar de cada publicação impressa no nosso país, tal como a Biblioteca Nacional de Portugal. É parceira do sistema de empréstimo interbibliotecas.

Missão e Visão

Enquanto biblioteca pública, a sua missão é a de preservar, desenvolver e tratar um acervo documental atualizado e de o colocar ao serviço da população, tendo em vista aumentar os níveis sócio-educativos e culturais das populações.

Parte fundamental da sua ação é o trabalho constante para enraizar nas crianças e nos jovens hábitos duradouros e perenes de leitura e de aquisição de conhecimento, quer pelo livro quer pelos suportes hodiernos que a tecnologia atual proporciona, de modo a formar uma população mais evoluída e mais capaz para a construção de uma sociedade mais avançada, evoluída, democrática e intelectualmente mais apetrechada.

A Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Angra do Heroísmo norteia-se pelos princípios enunciados no Manifesto da UNESCO sobre as Bibliotecas Públicas [EN] e neste mesmo quadro disponibiliza à população um conjunto de serviços (presenciais e on-line) que favorecem a leitura, o estudo, a investigação, o conhecimento e uma vida intelectual e cultural ativa.